Além disso

Por que um ácaro-aranha é perigoso para uma orquídea? Qual é a aparência e como se livrar da praga?

Por que um ácaro-aranha é perigoso para uma orquídea? Qual é a aparência e como se livrar da praga?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O cultivo de orquídeas em casa exige cuidados constantes do cultivador com a planta.

A violação de temperatura ou umidade pode levar ao aparecimento de ácaros, pragas perigosas que podem causar danos irreparáveis ​​à flor.

Como curar a planta e prevenir o reaparecimento do parasita é descrito neste artigo.

O que é essa praga?

Definição

O ácaro-aranha é uma praga perigosa de plantações de interior e jardim, pertence à classe dos aracnídeos da família dos aracnídeos, pertence à subclasse dos carrapatos e, ao contrário dos insetos, possui 4 pares de membros. Esta família é considerada uma das mais difundidas e possui mais de mil espécies vivendo em diversas zonas climáticas de nosso planeta.

Diferença de outras espécies

Ao contrário de outros tipos de carrapatos, esta praga é capaz de tecer teias de aranha, sobreviver em baixa umidade e altas temperaturas e também se sentir confortável sob a luz solar direta.

O carrapato se multiplica rapidamente e infecta quase todos os tipos de plantas, causando enormes danos não apenas às flores, mas também a outras culturas agrícolas.

O que parece: descrição e foto

Para ver um carrapato, basta usar uma lupa. Um carrapato adulto atinge 0,6 mm, tem corpo oval, coberto por cerdas alongadas, 8 patas. As fêmeas são maiores e podem crescer até 1 mm. A cor varia do marrom avermelhado ao marrom, em alguns casos esverdeado com manchas escuras.

O ciclo de vida dos carrapatos não ultrapassa 4-5 semanas, as condições ideais para a reprodução são altas, não inferior a 27 C, temperatura e baixa umidade. Durante a época de reprodução, a fêmea muda de cor para uma mais clara e põe pelo menos cem ovos por vez.

A seguir, você pode olhar a foto da praga:




Qual é o seu perigo?

Danos causados

Os ácaros da aranha são perigosos para as orquídeas em uma rápida taxa de reprodução, eles danificam não apenas a parte superior da planta, mas, em alguns casos, as próprias raízes. É difícil removê-los, pois a praga também pode se instalar no substrato, sobrevivendo perfeitamente a vários tratamentos mesmo com os produtos químicos mais agressivos.

Além disso, ao comer a seiva da flor, eles a enfraquecem, contribuindo para o surgimento de doenças virais ou fúngicas de difícil tratamento. Essas plantas não florescem mais, perdem a capacidade de fotossíntese normal e morrem.

Os carrapatos são bastante ativos, depois de um curto período de tempo, todas as flores de interior, sem exceção, serão afetadas por eles.

Como isso afeta a planta?

Usualmente, os ovos do carrapato podem ficar inativos por muito tempo. Quando surgem condições adequadas, os indivíduos nascem delas e imediatamente se prendem com uma teia de aranha na parte de trás das folhas. Ao perfurar a pele, eles absorvem a seiva da planta, causando danos às células e diminuindo as áreas de fotossíntese.

No estágio em que o número de carrapatos aumenta acentuadamente, eles se instalam na base do caule e das flores, trançando a orquídea com uma teia de aranha fina, mas claramente visível. Nesse estágio, a planta perde sua bela aparência, as flores caem, as folhas ficam amarelas e enrolam e as raízes ficam cobertas de flores.

Sinais de derrota

O ácaro se alimenta sugando sucos das células vegetais, o que leva ao aparecimento de pequenas manchas primeiro e depois à despigmentação de toda a folha. É fácil determinar se uma planta é afetada por esta praga - basta olhar atentamente para as folhas e flores, prestando atenção a:

  • a presença de uma pequena teia de aranha no dorso da folha, assim como nas flores;
  • pontos acastanhados localizados em todas as superfícies das folhas, e as pontas são enroladas e murchas;
  • pequenos pontos (são os próprios ácaros) movendo-se ao longo da superfície da planta ou ao longo da teia de aranha.

Por que uma planta pode ser especialmente vulnerável?

Como regra, a maioria dos parasitas, incluindo os ácaros da aranha, entram na planta por janelas abertas quando ventilados ou com flores recém-trazidas.

Dadas as altas demandas da planta por luz e umidade, qualquer desequilíbrio pode levar à rápida reprodução da praga e à morte da orquídea. Nesse caso, a planta pode "adoecer" e outras enfermidades (podridão cinzenta ou infecções virais), cujo aparecimento é promovido pelo suco que se projeta na superfície da folha nos locais de punção.

Como se livrar em casa: medidas de controle

Em casa, você pode combater insetos nocivos usando métodos como:

  1. Isole a planta das outras e coloque o vaso em um local úmido, longe da luz solar direta. Não deve estar perto de um radiador quente ou ar condicionado, ou sob uma corrente de ar.
  2. Elabore o peitoril da janela onde a orquídea estava localizada com desinfetantes, prestando atenção especial às fendas. É melhor usar um detergente de louça ou pó, adicionando algumas gotas de permanganato de potássio ou amônia. É necessário reprocessar antes de colocar a panela de volta no lugar.

    Se o peitoril da janela não for tratado, os ácaros remanescentes na janela cairão novamente sobre a planta e colocarão ovos.

  3. Processe a planta, deixe-a repousar por alguns dias e coloque-a de volta no lugar.

Existem muitas maneiras de desinfetar, desde produtos químicos especiais até produtos simples que podem ser encontrados em qualquer cozinha. Se a flor estiver ligeiramente danificada e o ácaro estiver localizado principalmente nas folhas, você pode usar métodos populares:

  1. Coloque a planta sob um saco plástico por alguns dias, umedecendo previamente com um borrifador. O estado da flor deve ser verificado diariamente e, se necessário, pulverizado novamente.
  2. Trate as folhas com um algodão úmido, enxugando cuidadosamente as partes superior e inferior da folha. O tratamento deve ser repetido por pelo menos 5 dias.
  3. Enxaguar a planta com água com adição de lascas de sabão em pó na proporção de 30 g por 100 ml de água. Você também pode usar soluções de lavar louça adicionando uma colher de sopa de detergente a 200 ml de água morna.

Para alguns tipos de orquídeas com folhas delicadas, o tratamento com compostos com adição de álcool ou amônia é inaceitável, pois pode danificar não só as verdes, mas também as raízes.

Os meios biológicos de luta com a ajuda de drogas como Fitoverm e Akarin não são menos populares. Infelizmente, apenas os carrapatos adultos terão sucesso, mas seus ovos não serão afetados. Para destruir completamente a praga, é recomendado tratar a planta pelo menos 3 vezes com uma pausa de 5 dias.

Produtos químicos como Actellic, Anti-tick, Neoron e Fufanon garantem a destruição completa dos parasitas devido ao fato de terem efeito de longo prazo (até 7 dias), sendo também altamente tóxicas para os carrapatos. Mas, ao mesmo tempo, eles têm várias desvantagens, como:

  • odor desagradável;
  • proibição de uso no apartamento;
  • bem como a indesejabilidade do uso de apiários próximos.

Não use agentes químicos de controle de ácaros em espaços fechados, pois podem prejudicar a saúde de humanos e animais de estimação. Ao usar tais preparações, devem ser utilizadas máscaras de proteção e luvas.

Profilaxia

Apesar de a orquídea ser uma planta bastante caprichosa, não é difícil protegê-la do aparecimento de pragas.

  1. A primeira coisa a fazer é garantir que a umidade do ar seja de no mínimo 70%, ou seja, borrife regularmente água de um borrifador para que pequenas gotas de umidade fiquem nas folhas.

    No verão, é melhor pulverizar a planta no início da manhã ou no final da tarde. Se você umedecer a orquídea durante o dia e deixá-la sob a luz direta do sol por várias horas, ela queimará as folhas com manchas marrons.

  2. Em segundo lugar, o acúmulo de poeira na planta não deve ser permitido; os floricultores experientes recomendam limpar as folhas de ambos os lados com um algodão úmido pelo menos uma vez a cada semana e meia. Esta é uma ótima maneira de se livrar de um pequeno número de parasitas que ainda não causaram danos significativos à planta.
  3. Em terceiro lugar, a folhagem murcha e as flores murchas acumuladas no vaso servirão como um excelente refúgio não só para os ácaros, mas também para as pragas mais perigosas. As partes mortas das plantas devem ser removidas.

A orquídea é uma planta incrível que pode surpreender qualquer pessoa com sua beleza. Não é tão difícil conseguir um belo aspecto e floração, basta regar e hidratar a planta a tempo. O tratamento preventivo com remédios populares ou preparações especiais ajudará não apenas a prevenir a infecção por ácaros da aranha, mas também a curar uma planta já afetada.

Vídeo sobre a aparência de um ácaro-aranha em uma orquídea e como lidar com isso:


Assista o vídeo: Vídeo sobre combate de pragas nas orquídeas (Dezembro 2022).