Jardim

Jardins iluminados

Jardins iluminados


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Jardins iluminados: como alcançá-los


A realização de jardins iluminados permite, se realizada de maneira profissional, dar vida a jogos visuais particularmente fascinantes. Deve-se enfatizar, de fato, que o objetivo de criar um sistema de iluminação em um jardim não é apenas desencorajar as pessoas mal-intencionadas e permitir que as pessoas não fiquem no escuro durante a noite, mas, acima de tudo, aumentar o espaço verde em seus jardins. complexo: por esse motivo, é recomendável selecionar com precisão as luminárias a serem utilizadas, prestando atenção também à sua posição na sala e em relação à residência. Muito importantes, nesse sentido, são as lâmpadas de assoalho, que são bastante baratas e práticas (pois podem ser movidas com alguma facilidade). Por outro lado, as luminárias de parede, por mais úteis que sejam, podem ser escolhidas como uma adição às homólogas no chão e devem ser preferencialmente colocadas na parede ou na parte externa da casa. Claramente, na iluminação do jardim não é apenas necessário avaliar o aspecto estético, mas também o lado prático deve ser levado em consideração.

O estilo dos sistemas de iluminação e lâmpadas



O estilo das lâmpadas e acessórios deve, obviamente, respeitar o do jardim em que estão localizados: moderno, clássico ou rústico, o importante é que eles se encaixem de maneira equilibrada e harmoniosa no mobiliário interno e externo geral. Existe também a possibilidade de criar peças de luz específicas, destinadas a trazer à tona uma parte do jardim ou de uma planta específica, dando vida a uma atmosfera intrigante e fascinante. Muitas vezes, de fato, um jardim adequadamente iluminado pode se tornar um local sugestivo, capaz de sugerir emoções e fornecer sugestões. A escolha mais clássica é representada pelas lâmpadas de rua, postes externos que requerem manutenção limitada e permitem iluminar a área como um todo: é uma solução especialmente indicada para espaços maiores. Quem, por outro lado, deseja recriar um clima confidencial e coletado pode pensar em pequenos pólos: com a fonte de luz mais próxima do solo, o efeito visual certamente será diferente e até as sombras se tornarão mais definidas e mais nítidas .

Como recriar peças de luz: lâmpadas embutidas


Em suma, eu jardins iluminados oferecem a oportunidade de criar jogos de claro-escuro e diferentes atmosferas, românticas ou frias, dependendo das necessidades. A ser avaliada também é a opção representada por luminárias embutidas, usadas para projetar os raios de luz na direção vertical, para cima. Desta forma, as árvores serão iluminadas principalmente. Do ponto de vista prático, você não deve ter medo de estragar ou danificar esse tipo de lâmpadas, que são projetadas e fabricadas de forma que possam ser pisoteadas sem riscos (assim como não são danificadas pelo clima). Dito isto, a iluminação do jardim também pode ser obtida com velas simples, habilmente posicionadas nos lugares certos (atenção, porém, que a cera quente não danifica o gramado ou as plantas), uma última solução particularmente agradável do ponto de vista estética consiste nas lâmpadas instaladas em outras estruturas, como vasos, estátuas ou outros acessórios de decoração.
O certo é que a luz pode ser considerada um motor de emoções e sensações: por esse motivo, antes de comprar uma lâmpada, é aconselhável planejar idealmente o efeito de iluminação que você pretende criar. Os cuidados com a iluminação não devem ser organizados após a instalação do jardim, mas devem ser projetados em paralelo: para obter um ambiente harmonioso e levar em conta aspectos práticos (por exemplo, a colocação de tomadas elétricas, as escavações necessárias para passar). os fios) que, se enviados de volta posteriormente, poderiam favorecer um aumento nos custos. A luz também pode ser volumosa: é o caso dos gramados ingleses, onde as passarelas e os caminhos do perímetro são iluminados com um efeito embutido. Por meio de projetores específicos, por outro lado, um véu homogêneo pode ser criado na superfície vegetal ou, porque não, realizar formas reconhecíveis.

Diferenciar fontes de luz



Dependendo do objeto, da planta e do material a ser iluminado, é preferível selecionar fontes diferentes: por exemplo, luzes frias devem ser preferidas para superfícies coloridas, enquanto tons quentes serão necessários para pedra e cimento. Um poder sugestivo muito grande também pode ser obtido com esferas luminosas, que escondem a fonte de luz no solo e propagam a luz através do difusor, que também pode ser coberto de flores ou trepadeiras. Na prática, durante o dia você simplesmente terá uma esfera vegetal, enquanto à noite poderá contar com uma fonte de luz com uma forma artística.

Jardins iluminados: calcule os custos com antecedência



Portanto, é claro que, para qualquer jardim iluminado, a luz não pode ser considerada apenas como um elemento técnico, mas como um meio de produzir sugestões, atmosferas e emoções particulares. É aconselhável, é claro, realizar um cálculo preventivo das despesas, confiando-o à empresa (no caso em que as obras serão obra de alguém de fora) ou fazendo-o de forma independente. Em resumo, levamos em conta os custos que terão de ser incorridos, dependendo do orçamento disponível, para evitar a metade do trabalho iniciado e que não pode ser concluído devido à falta de fundos.



Comentários:

  1. Bassey

    Uma pessoa expande o caminho, e não o caminho expande uma pessoa ...

  2. Kirkwood

    Partilho plenamente da sua opinião. Há algo nisso e eu gosto dessa ideia, concordo plenamente com você.

  3. Taum

    Sim, também é ...

  4. Kaori

    Ótimas notícias, continue assim, boa sorte no futuro.



Escreve uma mensagem